Diante de todos os desafios que temos enfrentado nos últimos tempos, o setor empresarial tem sofrido muito com todas essas restrições, o que compromete seu planejamento estratégico e pode até prejudicar a sua viabilidade nos próximos meses.

É muito provável que (independente do tamanho) muitas empresas sentirão os impactos causados por todas as paralisações que ocorreram nos últimos tempos. E neste momento de tantas incertezas e a grande necessidade de cada vez mais estratégias e planejamentos serem assertivos, é que a contabilidade se reafirma como um importante parceiro na busca
pela redução dos impactos econômicos às empresas.

Sabemos que tivemos novas regras para o parcelamento de impostos, como o FGTS, a postergação de outros tributos, as novas possibilidades de suspensão e redução de contratos mas entendemos que pouco foi feito em matéria tributária.

Aqui no Brasil, o adiamento de impostos para empresas do SIMPLES e o PIS Cofins apenas aliviam o cenário atual, mas não resolvem o problema. Não há melhorias ou alternativas efetivas.

Para as empresas sofrerem o menos possível, é fundamental que elas façam uma análise muito bem detalhada sobre os seus números, com o intuito de se antecipar a possíveis problemas não só durante a pandemia, mas após também.

E é aqui que a área contábil assume um papel muito importante nessa avaliação. Podemos auxiliar as empresas a traçarem os melhores caminhos de acordo com as suas necessidades, de forma personalizada e exclusiva.

O não recolhimento de alguns impostos, podem trazer implicações penais às empresas. Como exemplo disso, podemos destacar o ICMS declarado e não pago, do INSS e do imposto de renda retido na fonte.

A empresa que não recolher esses tributos pode responder criminalmente. E é por isso, que reforçamos a importância do apoio contábil para apresentar as melhores soluções para cada caso.

Sem dúvidas, prever possíveis cenários pós-pandemia ainda é uma missão bastante desafiadora para o setor empresarial, mas é em momentos como este que um olhar técnico pode revelar grandes oportunidades. As pequenas empresas, especialmente, devem contar ainda mais com a assessoria contábil neste momento, demandando uma consultoria focada em planejamento para melhor entender o cenário.

A otimização de soluções e a avaliação técnica são poderes que a contabilidade estratégica pode agregar para as empresas. Em um momento em que é necessário atuar fortemente no curto e no curtíssimo prazo, a conscientização por parte dos empresários sobre a importância do planejamento e do valor que a contabilidade pode agregar ao seu negócio, será um diferencial relevante para ser mais competitivo no momento de retomada do mercado.