Sabemos que não existe uma fórmula secreta para se obter os melhores resultados. No entanto, são os resultados que movem as pessoas e claro, as empresas.

Em um cenário cada vez mais competitivo, os bons resultados são consequências da excelência dos seus produtos ou serviços prestados, e é isso que possibilita os lucros, a fidelidade dos seus clientes e o destaque no mercado que atua.

Para ajudar nesse processo, há diversas ferramentas para auxiliar as empresas em ganho de eficiência, mas entre elas podemos destacar o BPO (Business Process Outsorcing) Financeiro.

Cada vez mais as empresas têm a necessidade de atuar no que fazem melhor, com o objetivo de manter o seu crescimento. Com esse cenário, o BPO Financeiro é muito importante para dar mais segurança e transparência às empresas.

O BPO Financeiro pode ser conhecido também como Gestão de Tesouraria e o que ele faz é transferir a gestão de todos os processos de emissão de notas fiscais, controle de contas a pagar, a receber e conciliação bancária para um fornecedor terceirizado

Falando em uma empresa contábil, faz todo sentido essa parceria com o cliente, pois o escritório já gerencia o fechamento das contas do mês e as validam de acordo com todos os procedimentos fiscais junto às autoridades competentes. Dessa maneira, o cliente não precisa mais informar seus números mensalmente e ele tem menos trabalho com isso.

Podemos destacar também que a empresa que realiza o BPO pode traçar e oferecer um raio-x completo da área financeira em tempo real ao cliente, com precisão e qualidade, com todos os seus números agrupados. 

Esse procedimento possibilita que a empresa tenha uma equipe interna financeira mais enxuta e garante maior especialização ao trabalho final. Normalmente, essa redução de custos é significativa, pois além da equipe reduzida, outros gastos com ferramentas, softwares especializados, desenvolvimento de pessoas e treinamento são desnecessários.

Outro ponto relevante é a transparência na informação. Com o BPO Financeiro o cliente acompanha toda a gestão financeira via software, de forma abrangente ou profunda, eliminando um problema comum nas empresas que acontece quando o conhecimento das rotinas financeiras fica centralizado nas mãos de poucos colaboradores. Qualquer ausência de um dos responsáveis pela informação, pode ocasionar grandes dificuldades.

Como dito anteriormente, as empresas têm a necessidade de atuar no que fazem melhor. Então, por que não focar no que fazem bem? Um bom exemplo para representar isso é uma empresa que necessita vender, mas pode ter uma parceria para faturamento e cobrança. Ela não precisa investir energia onde não precisa…

Se quisermos ser ainda mais profundos nessa análise, ao trabalhar com um fornecedor, é possível comparar tarifas bancárias, aplicações, salários e outros insights que apenas são possíveis a quem acompanha outras empresas de mesmo porte ou segmento. 

Os clientes que contratam o BPO Financeiro podem ficar totalmente tranquilos, pois os fornecedores trabalham com seguros de responsabilidade civil, que podem ser acionados em caso de perdas ou grandes erros.

E qual é o momento ideal para uma empresa pensar em BPO?

Consideramos que a partir de 50 pagamentos bancários mensais. Nessa fase, não há ainda a necessidade de um profissional para atuar na área financeira em tempo integral, mas já existe um volume consistente de operações no departamento.

Em um futuro próximo, as empresas mais modernas e ágeis serão as que criaram o conjunto de fornecedores que juntos apresentam uma melhor performance.

Quando se tem parceiros eficientes, transparentes e comprometidos com o foco dos seus clientes, o ganho em excelência e ótimos resultados é uma consequência.

Acreditamos que juntos podemos mais. A empresa que desenvolver o melhor “ecossistema” é que irá se destacar no mercado.